Hidrocefalia 

    A hidrocefalia é uma situação em que há um desequilíbrio entre a produção, circulação ou absorção desse fluido, com um acentuado aumento dele. Refere-se ao acúmulo do líquor nas cavidades ventriculares cranianas (o que as faz aumentar de tamanho) e no espaço subaracnóideo e à pressão que passa a exercer sobre as estruturas do cérebro, podendo causar nelas lesões e inchaço.

    A hidrocefalia pode resultar do excesso de produção (situação rara), impedimento de circulação ou absorção do LCR, o que gera um aumento da pressão no interior do cérebro. Em geral essa obstrução está relacionada com o aparecimento da espinha bífida, mas também pode ocorrer por outras razões, genéticas ou adquiridas, entre as quais se contam: infecções (caxumba, citomegalovírus, hepatite, toxoplasmose, poliomielite, etc.), hemorragia intraventricular, meningite, traumatismos, tumores, cistos, estenose do Aqueduto de Sylvius, etc.

    A cirurgia consiste no implante de uma válvula que drena o excesso do LCR do sistema ventricular para outras cavidades do corpo (geralmente a cavidade abdominal). Outra técnica cirúrgica consiste em fazer-se um orifício no terceiro ventrículo e propiciar uma saída alternativa para o excesso do LCR. O neurocirurgião deve decidir, em cada caso específico, qual tratamento indicar.

Voltar

  • Facebook Social Icon
  • whatsapp-512
  • Instagram ícone social

Cirurgias: Hérnia de disco, Estenose, Fratura Vertebral, AVC, Aneurisma, Hipófise, Neurocirurgia Funcional, Espondilólise e Espondilolistese, 

Síndrome do Túnel do Carpo, Dor crônica

© Clínica Regenera. Criado por

logo_spine.gif