x

Posso ajudar?

Posso ajudar?

Degeneração da Cartilagem da Coluna

May 16, 2018

 

Doenças Degenerativas da Coluna

 

As doenças degenerativas da coluna representam um importante problema de saúde pública e estão entre as principais queixas nos consultórios de ortopedia e neurologia. Estudos apontam que cerca de 70 a 80% das pessoas em idade adulta apresentarão dor lombar durante algum período da vida.

 

A degeneração da coluna pode atingir todas as suas regiões: lombar, dorsal ou cervical. Este processo degenerativo pode gerar síndromes dolorosas na coluna, nos membros superiores ou inferiores, além de causar déficits sensitivos e motores dos membros, devidos à compressão sobre a medula espinhal e raízes nervosas.

As principais patologias ligadas à degeneração da coluna são:hérnia de disco, estreitamento do canal vertebral e artrose (degradação da cartilagem nas articulações espinhais).

 

Causas 

Os discos intervertebrais são constituídos de cartilagem, tecido fibro-colagenoso e água. Com o passar dos anos, estes discos podem desidratar e enfraquecer.

 

A Hérnia de Disco é uma causa comum da dor associada à degeneração da coluna, e ocorre quando a parte fibro-colagenosa do disco enfraquece e parte do núcleo pulposo do disco extravasa, fazendo pressão sobre os nervos periféricos e medula.

 

Além disso, a degeneração discal também pode causar crescimentos ósseos (osteófitos ou bico de papagaio) que podem acarretar em uma pressão adicional sobre a medula espinhal. 

Sendo assim, podemos considerar as doenças degenerativas da coluna como multifatoriais, ou seja, que podem ser causadas por diversos fatores, levando a um desgaste precoce dos discos intervertebrais e articulações da coluna, culminando em síndromes dolorosas e comprometimentos neuro-motores provocados pela compressão nervosa.

 

Sintomas

 

O principal sintoma do processo degenerativo discal é a incapacidade para a absorção de impactos, que desencadeia a instabilidade da coluna lombar. Para suprir esta instabilidade ocorrem dois fenômenos importantes relacionados à dor: contratura da musculatura paravertebral, na tentativa de suprir a instabilidade local, e a longo prazo degeneração discal e instabilidade (hipermobilidade).

 

Estes fenômenos poderão desencadear um processo degenerativo nas articulações e a formação de osteófitos (bicos de papagaio) como uma tentativa do organismo estabilizar a região. Ambos os mecanismos estão relacionados à dor crônica, com diminuição do arco de movimento.

 

Fonte: medicinadacoluna.com.br

Please reload

Posts em destaque

Tratamento cirúrgico da dor crônica

October 2, 2018

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Arquivo
Pesquisar por tags
Please reload