x

Posso ajudar?

Posso ajudar?

Imunização

June 8, 2018

 

O Dia da Imunização é celebrado anualmente em 9 de junho.

 

O principal objetivo desta data é conscientizar a população sobre a importância de manter as principais vacinações contra certas doenças em dia, diminuindo a probabilidade de contrair enfermidades como a caxumba, o sarampo, o tétano, a gripe, entre outras.

 

A vacinação é a principal forma de prevenir doenças infectocontagiosas como poliomielite, sarampo, rubéola e coqueluche. O Brasil é referência mundial em vacinação e o Sistema Único de Saúde (SUS) garante à população brasileira acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Ainda assim, muitas pessoas deixam de comparecer aos postos de saúde para atualizar a carteira de vacinação, e também de levar os filhos no tempo correto de aplicação das vacinas.

 

Atualmente, são disponibilizadas pela rede pública de saúde de todo o país 17 vacinas no Calendário Nacional de Vacinação, para combater mais de 20 doenças, em diversas faixas etárias. Há ainda outras 10 vacinas especiais para grupos em condições clínicas específicas, como portadores de HIV, disponíveis nos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE).

 

Desde a implantação do Programa Nacional de Imunizações (PNI), em 1973, o Brasil já conseguiu erradicar a poliomielite, além de interromper a transmissão de sarampo a partir do ano 2000 e, desde 2009, não há mais registros de casos de rubéola e da síndrome de rubéola congênita.

 

Apesar da maioria das pessoas acreditarem que a vacina é somente para crianças, é importante manter a carteira de vacinação em dia em todas as idades para evitar o retorno de doenças já erradicadas. Os adultos devem ficar atentos à atualização da caderneta em relação a quatro tipos diferentes de vacina contra a hepatite B, febre amarela, difteria, tétano, sarampo, rubéola e caxumba. Para as gestantes, existem três vacinas disponíveis no Calendário Nacional de Vacinação: hepatite B, dupla adulto e dTpa, que protege, além da hepatite, contra difteria, tétano e coqueluche.

 

Dependendo da vacina, o esquema vacinal completo pode ser composto de uma, duas ou três doses e ainda há a necessidade de se receber reforços. Consulte todas as vacinas disponíveis no Calendário Nacional de Vacinação.

 

No calendário de rotina do Programa Nacional de Imunizações, as doses de vacina que protegem contra o sarampo são recomendadas aos 12 meses e aos 15 meses de idade. No caso de Pernambuco e Ceará, a campanha foi ampliada, em 2013 e 2014, para as crianças de seis meses de idade, devido ao surto da doença que ocorreu nesses estados. No total, foram registrados 637 casos da doença nos últimos dois anos, sendo todos importados ou relacionados à importação.

 

Proteção contra o HPV – O câncer de colo do útero é o terceiro tipo de tumor que mais mata mulheres no Brasil. Diagnosticada com a doença, Anna Fukumura passou por radioterapia associada à quimioterapia para enfrentar o câncer e sabe da importância da existência de uma vacina que previne a doença. “A vacina é prevenção. Sou a favor da prevenção para que muitas mulheres não tenham que passar pelo o que eu passei. E quanto mais cedo possível, melhor”, opina.

 

Tomar a vacina na adolescência é o primeiro de uma série de cuidados que a mulher deve adotar para a prevenção do HPV e do câncer do colo do útero. Consciente do risco da doença, a estudante Pietra Amarante, de 12 anos, é uma das mais de 4,9 milhões de adolescentes que já receberam a primeira dose da vacina. "Eu acho a vacina importante, porque você vai garantir que não vai ter doença (câncer). Então é uma boa ideia", avalia.

 

O SUS trabalha com três doses para que seja garantida a eficácia da vacina HPV. O intervalo entre as duas primeiras é de seis meses e a terceira é dada, como reforço, cinco anos depois da segunda dose.

 

Fonte: http://www.bio.fiocruz.br

Tags: "cérebro"

Please reload

Posts em destaque

Tratamento cirúrgico da dor crônica

October 2, 2018

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Arquivo
Pesquisar por tags
Please reload